Análise da Interpretação de Texto em alunos do Sexto Ano

 Tema: A leitura é uma das características da evolução humana. É essencial que o leitor compreenda o material que lê e o interprete, pois entenderum texto, equivale a atribuir significado à leitura. Objetivo: analisar a compreensão textual de alunos do sexto ano do Ensino Fundamental. Método: o presente estudo foi realizado emquarenta crianças de escola pública, de classe sócio-econômica média, não repetentes, sem queixa de problemas visuais ou auditivos não corrigidos e com linguagem oral dentro dos padrões considerados normais. A participação das crianças foi autorizada pelos responsáveis. Apenas 32 (80%) foram avaliadas, 13 (40,6%) eram do sexo feminino e 19 (59,4%) do sexo masculino. Foram utilizados textos expositivos de SÔNIA MOOJEN, que empregauma avaliação da compreensão leitora na qualobserva as análises das informações obtidas no texto. As crianças foram encaminhadas para uma sala selecionada na própria escola e a avaliação realizada na presença apenas da fonoaudióloga. Foi pedido a cada criança que lesse silenciosamente e depois oralmente uma história, (Anexo A), previamente selecionada por ela, dentre as duas escolhidas para a avaliação. Após a leitura a criança precisou recontar a narrativa e responder as questões objetivas que lhe foram feitas (Anexo B), com ou sem ajuda de questionários. Resultados: a compreensão das idéias centrais do texto esteve presente em 24 (75%) das crianças; 12 (50%) precisaram de auxílio de perguntas e 8 (25%) não conseguiram identificar todas as idéias centrais. 20 (62,5%) dos avaliados mantiveram a continuidade temática, no qual 18 (90%) destas crianças apresentaram as idéias centrais sob forma de lista e 2 (10%) correlacionaram-nas. O uso do conhecimento prévio foi muito empregado na inferência de informações não implícitas; 20 (62,5%) dos alunos o utilizaram, 14 (70%) usaram esse recurso com o auxílio de perguntas e 6 (30%) não necessitaram deste recurso. A partir da leitura do texto, foi constatado que 4 (12,5%) dos avaliados construíram uma visão da realidade; 4 (12,5%) crianças fizeram comentários que extrapolaram otexto e somente 10 (31,25%) fizeram adendos durante a leitura. A localização e correção dos erros de compreensão foram identificadas apenas em 10 (31,25%) dos estudantes. Conclusão: este estudo concluiu que as crianças do sexto ano do Ensino Fundamental alcançam essa série escolar sem possuírem o domínio das habilidades necessárias para uma boa interpretação textual. As crianças, em sua maioria, interpretam as macroestruturas, porém precisam de auxílio para absorver as demais informações e realizar inferências. Descritores: Linguagem, Compreensão e Leitura.

 
 
 
 
Sem votos