As soluções para os problemas mais comuns

 Como nossas vidas e a vida de nossas crianças não é só feita de Diabetes, Recebi esta reportagem por e-mail e estou compartilhando com vocês, Mamães e Papais ...

 

Dor de ouvido, brotoeja, febre, diarreia... Listamos os inconvenientes mais comuns que podem incomodar seu filho durante uma viagem e indicamos como solucionar cada um delesAlergias Causas: alimentos, picadas de inseto e medicamentos.Orientação: ouvir o médico da família ou, em caso de reações mais severas, procurar pronto-socorro ou posto médico. Medicação: antialérgico.Brotoejas Causas: calor intenso e excesso de transpiração. Orientação: manter a criança sempre fresquinha. Medicação: creme protetor, sem cortisona, indicado pelo médico da criança.Dor de dente Causa: agravamento de cáries ou nascimento de dentes. Orientação: dar mordedores gelados para bebês com dentinho nascendo. Medicação: analgésico.Dor de ouvido Causas: mudança de altitude e águas contaminadas. Orientação: para desconforto com compressão/descompressão, no caso de um bebê de colo, basta oferecer a chupeta ou uma mamadeira com água. Em caso de otite, tratar dor e febre conforme recomendação médica e procurar por ajuda em postos médicos ou hospitais. Medicação: analgésico, antitérmico e, se um médico prescrever, antibiótico.Enjoo de movimento Causa: deslocamento do carro. Orientação: ensinar a criança a respirar fundo e baixar um pouco a cabeça, ou olhar apenas para frente. Medicação: em casos recorrentes, ministrar antiemético 40 minutos antes da viagem, com orientação médica.Febre Causas: infecções. Orientação: monitorar a temperatura do corpo com termômetro e intervir conforme orientação médica prévia. Banho morno, quase frio, ajuda a baixá-la. Procure ajuda médica em caso de febres altas, persistentes e resistentes a medicamentos ou acompanhadas de vômitos e dor de cabeça. Medicação: antitérmico.Ferimentos Causas: cortes e arranhões. Orientação: lavar com água e sabão em casos leves. Diante de lesões profundas, use água fria e sabonete neutro, estanque o sangue com pano limpo e siga para um pronto-socorro. Medicação: antisséptico.Fraturas Causas: quedas, torções e impactos em geral. Orientação: imobilizar o membro com suspeita de lesão com tala de madeira envolta por tiras de pano ou toalha e ir direto para pronto atendimento médico. Medicação: analgésico e/ou anti-inflamatório com prévia orientação médica.Gastroenterite Causas: água contaminada ou alimentos mal lavados. Orientação: tratar a febre, hidratar e adotar dieta leve com maçã, banana-prata, bolacha de água e sal, gelatina e biscoito de polvilho. Medicação: antitérmico.Picadas leves Causas: mosquitos, pernilongos e borrachudos. Orientação: em caso de reação leve, como inchaço e vermelhidão, lavar com água e tratar. Medicação: pomada antialérgica ou, em casos mais agudos, sob orientação médica, antialérgico oral.Picadas venenosas e dolorosas Causas: formigas, abelhas e aranhas. Orientação: retirar o ferrão do inseto o quanto antes e tratar. Seguir para pronto-socorro caso suspeite de algo mais grave. Medicação: pomada antialérgica.Queimadura Causa: fogo, eletricidade, superfícies quentes ou líquidos ferventes. Orientação: jogar água fria no local, imediatamente. Nunca passar gelo, manteiga ou pasta de dente no ferimento, tampouco furar bolhas ou tentar arrancar roupas grudadas na região lesionada. Se a queimadura for profunda, resfriar a área com panos limpos e úmidos, e procurar ajuda médica. Tratar conforme recomendação médica. Medicação: pomada contra queimadura, indicada por seu médico.Vômitos e diarreia Causa: bactérias e viroses. Orientação: ingerir água aos poucos para evitar desidratação. Se a perda de líquido prosseguir, remediar a desidratação e dirigir-se a um pronto atendimento. Medicação: antiemético, soro caseiro (1 litro de água filtrada, 2 colheres das de sopa de açúcar e 1 colher das de sopa de sal).Fonte: http://bebe.abril.com.br

Sem votos