Masturbação

Tudo o que você realmente precisa saber sobre masturbação.

MasturbacaoMasturbação significa proporcionar prazer ao corpo, em especial aos genitais, através do toque das mãos. A masturbação pode ser considerada uma das práticas sexuais mais comuns em toda a sexualidade humana.

É essencial dedicar um cuidado especial a higiene antes e depois da masturbação. Lavar as mãos com água e sabonete evita doenças causadas por germes.

Masturbação não faz mal a saúde.

Especialistas afirmam que do ponto de vista médico não existe qualquer problema na masturbação masculina ou feminina.

Não existe nenhuma evidência científica de que masturbação cause espinha, ganho de peso ou infertilidade.

E não tem como ninguém no mundo saber se você se masturba. A prática não deixa nenhuma marca ou seqüela. Não importa quantas espinhas você tenha no rosto, não há como ninguém saber se você se masturbou ontem à noite.

Recentemente alguns estudos mostraram uma possível relação entre adultos jovens que ejacularam (tanto em relações sexuais quanto na masturbação) mais que a média e um maior índice de câncer de próstata na terceira idade. No entanto, isto não quer dizer que a masturbação aumente o risco de câncer. Na verdade, o câncer de próstata está ligado à testosterona em excesso, e homens com testosterona demais tendem a se masturbar mais também.

Outros estudos mostraram que homens acima dos 50 anos que se masturbam com freqüência podem, na verdade, ser protegidos contra o câncer de próstata.

A masturbação não faz mal, como pode fazer bem. Inclusive para a vida sexual de ambos os sexos, como forma de autoconhecimento. Quem se conhece, tem mais prazer. Sabe onde deve ser tocado para sentir prazer. Isso é muito importante para a atividade sexual.

Masturbação e prejuízo da vida social

Não existe uma quantidade de vezes ‘normal’ para uma pessoa se masturbar. Cada caso é único. Mas vale a regra: se está atrapalhando a sua vida, se você se sente mal ou culpado ou a masturbação está ocupando lugar de relacionamentos sociais pode ser o caso de procurar ajuda médica.

Masturbação não causa mal nenhum, desde que não seja algo compulsivo. Se a pessoa interrompe sua vida social ou só consegue pensar nisso, pode ser importante procurar um médico.

Outro alerta está relacionado aos acessórios. Os especialistas recomendam usar somente mãos e dedos. Assim você se explora sem maiores riscos. Não é incomum pessoas ferirem-se ao usar objetos durante a masturbação. É preciso muito cuidado.

A masturbação e desejo sexual

A masturbação não acaba com o desejo na hora do sexo com o parceiro ou parceira. Pelo contrário, a tendência é aumentar a libido com tempo.

É claro que no caso de um rapaz se masturbar e querer ter uma relação sexual minutos depois. Vai precisar esperar um pouco.

Para as meninas, no entanto, não há limites. O organismo feminino não tem aquele tempo de espera que o masculino exige entre um orgasmo e outro. Isso por que mulheres não ejaculam. Assim, a masturbação pode não apenas não diminuir o desejo, como aumentá-lo.

O ato de se masturbar também ajuda na liberação de fantasias sexuais. A pessoa pode vivenciar as coisas que gosta em sua cabeça, e assim não ficar reprimida. Isto é bom para estimular o desejo. Quem se masturba conhece melhor o próprio corpo. Logo, é mais confiante sobre o sexo e isso diminui a ansiedade na hora da relação.
 

Average: 4.2 (59 votes)