Causas da obesidade

Para muitas pessoas, a obesidade e o sobrepeso são causados por um desequilíbrio no metabolismo energético.

O peso corporal é determinado pelo balanço entre a quantidade de energia ou calorias que são ingeridas (vindas de alimentos ou bebidas) e a quantidade de energia ou calorias que são gastas (atividades físicas, por exemplo).

Em suma, quando se ingere mais calorias do que se gasta, há ganho de peso. Quando se ingere menos calorias do que se gasta, há perda de peso. Quando quantidades iguais de calorias são ingeridas e gastas, o peso se mantém.

Vários fatores contribuem para a obesidade, além do desequilíbrio do balanço energético. Dentre eles, podemos citar os seguintes:

  • Sedentarismo (ou falta de atividades físicas).
  • Fatores ambientais (falta de espaço para lazer, falta de tempo para praticar atividades físicas para pessoas que trabalham muito, grande quantidade de “fast foods” e lanchonetes de lanches rápidos, dificuldade de encontrar alimentos saudáveis em determinados locais).
  • Fatores genéticos e história familiar: As chances de um filho se tornar obeso são grandes quando os pais também são obesos.
  • Problemas de saúde: Algumas vezes, problemas hormonais podem causar sobre peso e obesidade, como o hipotireoidismo (redução ou falta do hormônio tireoidiano), síndrome de Cushing (excesso de produção do hormônio cortisol pela glândula adrenal) e síndrome dos ovários policísticos (além da obesidade, esta doença pode causar também excesso de pêlo, problemas de infertilidade, e outros problemas de saúde por conta da produção de excesso de hormônios androgênicos).
  • Medicamentos: alguns medicamentos podem levar a ganho de peso, como os corticosteróides, alguns tipos de antidepressivos e algumas medicações utilizadas para tratamento da epilepsia.
  • Fatores emocionais: algumas pessoas comem mais quando estão chateadas, estressadas ou nervosas.
  • Idade: ao envelhecer, a massa muscular corporal tende diminuir. Diminuindo, diminui também o gasto energético, favorecendo o ganho de peso.
  • Gravidez: durante a gravidez há uma maior tendência em ganho de peso em determinadas mulheres. Após o parto, às vezes fica difícil perder peso, podendo levar ao sobrepeso ou obesidade.
  • Insônia: estudos revelaram que pessoas que dormem menos têm maior chance de engordar. Pessoas que dormem 5h por noite, por exemplo, têm muito mais chances de se tornarem obesas do que pessoas que dormem cerca de 7 a 8h por noite.
Sem votos