Dicas para acabar com o mau hálito

Água, chicletes e principalmente higiene bucal podem auxiliar quem tem problemas com o mau hálito.

O mau hálito crônico (também conhecido como halitose) é um mal que atinge mais de 90 milhões de pessoas. Se você ou alguém que você conhece sofrer um ataque de mau hálito, tente seguir estas 8 dicas simples para resolver o problema.

Não deixe a língua se tornar um carpete sujo

O mau hálito atinge frequentemente pessoas que não cuidam devidamente de sua saúde bucal. O cheiro é geralmente causado pela decomposição dos restos alimentares e por bactérias. Por isso escovar os dentes e utilizar fio dental é muito importante, assim como escovar a língua suavemente.

Microscopicamente falando, a língua é como um tapete peludo – existem milhões de filamentos nela que funcionam como uma armadilha para partículas minúsculas e bactérias.

Para realizar a limpeza da língua, a própria escova de dente, a ponta de uma colher ou um limpador de língua (produto específico para essa função) podem ser utilizados.

Sempre que usar qualquer objeto dentro da sua boca, limpe-o completamente ao guardá-lo, para não ocorrerem problemas na hora de usar de novo.

Bochechos também ajudam a melhorar o mau hálito, mas apenas temporariamente. Eles não atacam a raiz do problema, apenas mascaram o odor.

Chicletes sem açúcar

A saliva é a melhor arma contra o mau hálito, pois ela “lava” a boca com enzimas que afastam partículas alimentares e bactérias. É por isso que a boca seca, muitas vezes causada por determinados medicamentos ou doenças, leva a problemas de odor.

As pessoas geralmente apresentam mau hálito pela manhã porque a produção de saliva se torna mais lenta durante o sono.

Os chicletes sem açúcar estimulam a mastigação, e consequentemente, a produção de saliva. Já as pastilhas de menta, por exemplo, funcionam apenas como uma máscara temporária do mau cheiro.

Embora tudo o que faz salivar melhore o hálito, chicletes adoçados com xilitol são a melhor opção. Xilitol é um substituto do açúcar que não só aumenta a salivação, como também trabalha para impedir a reprodução de bactérias na boca.

Canela pode ser melhor

Um recente estudo sobre um chiclete sabor canela descobriu que canela talvez possua propriedades que combatam o mau hálito, diferentemente dos outros sabores, que funcionam mais como uma máscara.

Um ingrediente presente no saborizante aparentemente diminui os níveis de bactérias presentes na boca. O único problema é que chicletes açucarados não são bons para os dentes, logo, opte por chicletes de canela sem açúcar.

Beba mais água

Quanto mais velha uma pessoa fica, mais tendência de ficar desidratada ela possui. Muitas vezes, você pode nem perceber que está com sede, por isso, se acostumar com o hábito de beber água frequentemente ajudará a manter em baixa os níveis de bactérias presentes na boca.

O consumo de água traz inúmeros benefícios, e a prevenção do mau hálito é um deles.

Pesquisar as causas do mau hálito

Muitas vezes o mau hálito pode ser banido com simples medidas de higiene, porém, há momentos em que uma condição médica ou odontológica pode ser a culpada.

Faça uma consulta com médicos e dentistas se o cheiro ruim permanecer por muito tempo na sua boca, porque em raras ocasiões o mau hálito pode ser sinal de um problema maior, como uma infecção, e até mesmo insuficiência renal ou hepática.

Coma uma fatia de pão

Se você fazendo alguma das populares dietas low-carb (dietas com baixo consumo de carboidratos), o mau hálito tem grandes chances de ser um efeito colateral. Você pode mascarar o odor com chicletes, mas adicionar alguns carboidratos no seu consumo diário de alimentos provavelmente será mais eficaz.

Irrigação Oral

Somente escova de dente não limpa a boca toda, por isso, a utilização de um irrigador oral pode auxiliar pessoas que sofrem com o mau hálito, pois ele limpa a gengiva e também entre os dentes, impedindo que resquícios de alimentos, por exemplo, fermentem e causem mau cheiro.

Pedir uma segunda opinião

Se você acha que sofre desse mal, procure pedir a opinião de alguém de confiança.

Muitas pessoas acham que possuem o hálito horrível e não possuem o problema, enquanto outras possuem e nem fazem idéia. Uma segunda opinião poderá te tranqüilizar ou te motivar a solucionar o problema. 

Sem votos