Tratamento da AIDS

Há alguns anos, receber o diagnóstico de AIDS era quase uma sentença de morte. Atualmente, porém, a AIDS já pode ser considerada uma doença crônica. Isto significa que uma pessoa infectada pelo HIV pode viver com o vírus, por um longo período, sem apresentar nenhum sintoma ou sinal. Isso tem sido possível graças aos avanços tecnológicos e às pesquisas, que propiciam o desenvolvimento de medicamentos cada vez mais eficazes.

Hoje existem modernos medicamentos para tratamento da AIDS e também das infecções oportunistas. Para o combate específico contra o HIV, são usadas drogas chamadas de anti-retrovirais. Tais drogas inibem o crescimento e a replicação do vírus.

O objetivo do tratamento é reduzir a carga viral, ou seja, reduzir a quantidade de HIV na corrente sanguínea. Geralmente são empregados mais de um tipo de anti-retroviral para conseguir o efeito desejado.

No Brasil, todo cidadão tem direito ao acesso gratuito aos anti-retrovirais. A boa adesão ao tratamento é condição indispensável para a prevenção e controle da doença, com efeitos positivos diretos na melhora da qualidade de vida da pessoa com HIV/AIDS.

Average: 4.4 (156 votes)